quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Dicas de Português: Homônimos e Parônimos




Mais uma vez prestando atenção na complexidade da nossa Língua Portuguesa, que as vezes parece ser motivo de desespero para algumas pessoas na hora de escrever, decidi falar sobre algumas palavras que nós confundimos com muito frequência. Tais palavras são chamadas de homônimos e parônimos, e você não vai deixar de se identificar com esse post, porque com certeza já teve alguma dúvida a respeito.


Vou primeiro explicar o que são, para depois diferenciar alguns exemplos.


Homônimos - são iguais ou parecidas na pronúncia. Quanto à sua grafia, dividem-se em três grupos:
Homógrafos: possuem a mesma grafia, porém sons e significados diferentes:


colher (verbo) --- colher (substantivo)


molho (verbo) --- molho (substantivo)


almoço (verbo) --- almoço (substantivo)

Homófonos: possuem a mesma pronúncia, porém grafia e significado diferentes:


serrar (cortar) --- cerrar (fechar)


espiar (espionar, observar) --- expiar (cumprir pena ou penitência)


paço (palácio) --- passo (andar)


cheque (ordem de pagamento) --- xeque (movimento do jogo de Xadrez)


estático (imóvel) --- extático (admirado)


concerto (apresentação musical) --- conserto (reparo)


apreçar (marcar o preço) --- apressar (adiantar)

Homônimos perfeitos: iguais na grafia e no som, possuindo diferença apenas no significado:


livre (adjetivo) --- livre (verbo)


cedo (advérbio de tempo) --- cedo (verbo - ato de ceder)


Parônimos - possuem grafia e pronúncia apenas parecida, mas seu significados são diferentes:


comprimento (tamanho) --- cumprimento (saudação)


emergir (vir à superfície) --- imergir (mergulhar)


emigrante (quem sai de seu país para viver em outro) --- imigrante (quem entra em outro país)


deferir (conceder) --- diferir (apresentar diferença)


cavaleiro (quem anda a cavalo) --- cavalheiro (homem educado, gentil)


descrição (ato de descrever) --- discrição (característica de quem é reservado)


eminente (destacado, importante) --- iminente (prestes a acontecer)


flagrante (evidente) --- fragrante (que emite fragrância; perfumado)


tráfego (trânsito) --- tráfico (comércio ilícito)


área (medida de superfície) --- ária (peça musical)


Bem, estes são apena alguns exemplos, que ocorrem devido à grande riqueza da nossa língua. É comum nos confundirmos com palavras tão parecidas, e a melhor forma de evitar erros é procurando por um dicionário ou lendo e escrevendo constantemente.

fonte- dicas de português