quinta-feira, 14 de julho de 2016

Torta salgada com massa de batatas






.Massa:
1 kg de batatas, cozidas com casca e espremidas como que para purê (reserve 1 xícara de purê para o recheio)
2 xícaras (chá) de farinha de trigo+1 xícara de amido de milho (maisena)
1 colher(chá) de sal
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
1 gema (reserve a clara para o recheio)
Misture tudo à batata amassada fria e reserve, enquanto prepara o recheio.
Recheio:
1 maço de espinafre, lavado e cozido somente no vapor da própria água que fica nas folhas(*)
metade de um pimentão vermelho pequeno picadinho
metade de um pimentão amarelo picadinho
1 cebola média picadinha
1 xícara (chá) de cheiro-verde (salsinha+cebolinha) picado
400 g de requeijão cremoso (usei o Tirolês)
1 xícara (chá) do purê de batatas (reservado)
2 colheres (sopa) de maisena diluída em um pouquinho de água ou leite
1 colher (chá) de sal
2 claras de ovos, batidas em neve (reserve uma gema para pincelar a torta)
3 colheres (sopa) de óleo, para refogar
Refogue os vegetais no óleo, na ordem: cebola, pimentões, espinafre picado, purê de batatas. Adicione o cheiro-verde picado, mexa; adicione o requeijão, mexa; adicione a maisena diluída, mexa e retire do fogo. Bata as 2 claras de ovos em neve e junte ao recheio delicadamente, primeiro 1/3, misture e depois o restante. Prove o sal e reserve.

.Preparo:
Pré-aqueça o forno a 200ºC (médio), forre uma forma de aro removível com papel manteiga ou laminado, untado.
Abra a massa em superfície enfarinhada, verificando se está firme o suficiente, mas não dura, para ser colocada na forma e retire 1/3 desta massa para a cobertura da torta (se necessário coloque mais farinha, mas aos poucos); forre a forma com os 2/3 de massa restantes, ajudando com os dedos a nivelar as laterais se necessário. É uma massa parecida com a de nhoque firme. Deixe as laterais com “três dedos de altura” (medida do olhômetro!).
Recheie com o creme de vegetais preparado e morno; abra o restante da massa, coloque sobre o recheio e aperte as bordas, selando a torta. Pincele com a gema de ovo batida, faça alguns furos no topo com o garfo e leve para assar por cerca de 50 minutos.
Sirva morna.
Notas:
Minha forma de aro removível ainda é aquela que enferruja fácil, fácil, por isso, assim que possível, eu retiro as tortas preparadas, pois senão a massa fica com gosto ruim. Se a sua forma também for assim, não se esqueça de forra-la muito bem e retirar a torta assim que possível.
Algumas pessoas gostam de refogar também os talos picadinhos do espinafre; eu não gosto do sabor, mas fica a seu critério.
Experimente sempre o sal: é preferível colocar de menos a se arrepender depois!
Como já escrevi acima, esta massa é muito boa para fazer o Rocambole de batatas e o recheio fica por conta da sua vontade.
Fonte-receitaparahoje